Destaque

Atepeli abre portas da empresa a vilaverdenses que procuram trabalho em “Dia do Emprego”

Partilhe esta notícia!

Uma multinacional francesa “Atepeli” instalada em Ponte de Lima, vai promover no próximo dia 28 um “Dia do Emprego” para mostrar a fábrica situada em Calvelo, Ponte de Lima, a candidatos que estejam à procura de trabalho, revelou a empresa.

Com Vila Verde ali já ao lado – recorde-se que me 2014 o presidente da União de Freguesia do Vade levou 24 currículos em mão – a situação pode vir a ser um oportunidade para os vilaverdenses.

A fábrica de Calvelo “está próximo dos concelhos vizinhos de Vila Verde, Braga, Barcelos e Viana do Castelo, pelo que tem trabalhadores residentes em todos esses concelhos”, afirma em empresa em comunicado.

A multinacional, que fabrica componentes de malas, carteiras, porta-cartões, entre outros artigos “de elevada qualidade, típica do setor do luxo”, adiantou estar à procura de “operadores de produção, embora também tenha vagas para técnicos com formação universitária em diferentes áreas” para fazer face “ao constante crescimento” da empresa.

No Dia do Emprego, a multinacional que produz para marcas como Louis Vitton, vai abrir as portas da fábrica de Calvelo às 08:30 “para acolher candidatos que estejam à procura de trabalho e tenham interesse em conhecer a empresa e as ofertas de emprego”.

A empresa especificou no Dia do Emprego será efetuado o recrutamento de potenciais trabalhadores, “que inclui entrevistas e testes”, sendo que o resultado do processo será divulgado “no final do próprio dia”.

A Atepeli – Ateliers de Ponte de Lima –  iniciou a laboração em 2011 nas instalações de uma fábrica de confeção entretanto desativada. Começou com seis trabalhadores, em 2015 passou a contar com 342 e “até ao fim deste ano o objetivo é atingir os 400 colaboradores”.

Segundo o diretor-geral, Damien Verbrigghe, citado naquela nota, o Dia do Emprego que vai decorrer a 28 de setembro será “uma excelente oportunidade para trabalhar numa empresa dinâmica, com futuro e que aposta nas pessoas”.

Comentários

topo