Desporto

Pavilhões do Vade e de Cervães com inauguração adiada para o início do próximo ano

A União de Freguesias do Vade continua sem ver o seu Pavilhão Multiusos inaugurado, depois de novo cancelamento da data. A data estipulada seria a do aniversário do Município de Vila Verde, segundo apurou o V, que se realizou na passada segunda-feira (23), mas a abertura oficial do espaço acabou por ser adiada para “o início do próximo ano”, contou António Vilela ao Semanário V.  O Pavilhão de Cervães também estaria incluído neste leque de inaugurações, que não foi avante.

António Vilela, justifica dizendo que a inauguração não seria no dia do Município, embora, ao que o V sabe, tenha sido essa a intenção inicial. “Houve um equipamento trocado, e tivemos que proceder à substituição desse equipamento, agora vamos reunir com os presidentes de junta e acertar tudo para que os pavilhões sejam inaugurados no início do próximo ano”, informou o edil.

Hélder Forte e Carlos Cação, autarcas de Cervães e do Vade, respetivamente, descartam responsabilidades para a Câmara Municipal, quanto ao dia de inauguração, informando que os pavilhões se encontram em funcionamento e ao serviço das freguesias, com ou sem inauguração.

Recorde-se que o Pavilhão Multiusos do Vade, embora sem estar inaugurado, tem sido palco de vários eventos, e permite à prática de futebol de salão, e de outras práticas desportivas e etnográficas, e está ainda à espera de albergar um “Espaço do Cidadão”.

O edil lamentou ainda que “este Governo não tenha aberto qualquer Espaço do Cidadão desde que tomou posse”. “Abrimos três espaços do cidadão nos últimos anos, e desde que este Governo tomou posse, nunca mais inaugurámos nenhum”, revelou o edil, mantendo que “o Espaço de Cidadão nas freguesias é de uma importância extrema”.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo