Destaque

Paulo Marques aguarda por “esclarecimentos” da câmara a propósito da Casa do Conhecimento

O líder do CDS-PP de Vila Verde, Paulo Marques, aguarda por esclarecimento da Câmara de Vila Verde, isto depois de ter feito chegar à autarquia um conjunto de questões relacionadas com a Casa do Conhecimento (CC), inaugurada esta semana e que está a levantar dúvidas quanto ao funcionamento e financiamento de uma obra que foi aberta ao público sete anos depois.

Segundo Paulo Marques, o CDS fez chegar ao presidente da câmara, António Vilela, pedido de esclarecimento relativo ao investimento e objetivos concretos desta “casa”.

“Pelo valor do investimento, a CC tem de ser uma grande obra emblemática para o concelho, não pode ser outra coisa. No entanto, eu ainda não percebi bem para que servirá e qual é o seu fim concreto. Certamente serei devidamente esclarecido pelo executivo camarário. O que me preocupa de momento é o valor de que se fala assim com tanta facilidade como se fosse uma coisa normal, é que apesar de ser uma obra comparticipada em grande parte, é um investimento colossal, estamos a falar de 2,5 milhões de euros, há quem fale até em 3 milhões. Obviamente quereremos saber os contornos todos”, frisa Paulo Marques, que mais uma vez reclama “transparência”.

O líder do CDS-PP de Vila Verde afirma ainda que “esta obra tem mesmo de ser algo emblemático”.”Tem de trazer conhecimento, emprego e empresas ao nosso concelho, não nos podemos dar ao luxo desta grandeza de investimento só porque sim, tem de dar retorno e ter resultados objetivos”, aponta.

Paulo Marques quer saber, e no sentido de todos os vilaverdenses e população da região ficarem esclarecidos, o fim deste projeto.

“Para que servirá, qual a estratégia de crescimento que lhe esta associada e de que forma trará retorno a Vila Verde. Certamente ninguém compreenderia um investimento de 2,5 milhões de euros para um mero empreendimento de diversões tecnológicos ou um museu online. Vamos obviamente aguardar por respostas do executivo camarário, certamente as nossa dúvidas ficarão esclarecidas e terei todo o gosto em promover este projeto, caríssimo, mas certamente emblemático para Vila Verde”, conclui o presidente da concelhia do CDS-PP.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo