Destaque

Instrutor que atropelou idoso em Gême condenado por homicídio por negligência

Joaquim Magalhães Barroso, instrutor e proprietário da Escola de Condução Bela-Vista, foi hoje condenado a oito meses de prisão, vendo suspensa a pena caso faça o donativo de mil e quinhentos euros aos Bombeiros de Vila Verde.

O arguido era ainda acusado de omissão de assistência à vítima, mas foi ilibado dessa acusação, alegando ter pensado tratar-se de um cão, o que tinha atropelado, e não de um ser humano.

(Notícia completa na próxima edição do Semanário V, a 9 de novembro)

 

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo