Destaque

Polémica. Vilela diz que “PS devia pagar 34 mil euros pelo processo” que criou no TC

O Partido Socialista devia pagar agora 34 mil euros devido às despesas que criou à câmara”, afirma António Vilela, presidente da Câmara de Vila Verde, que viu o Tribunal de Contas (TC) pedir esclarecimentos à autarquia sobre os relatórios financeiros das contas da câmara relativos a 2012 e 2013.

Relatórios estes que foram pedidos pelo TC depois de denúncia do PS, mas acabaram por ser aprovados pelo TC.

“Foi uma denúncia do PS. Saíram notícias a dizer que as contas do município eram falaciosas e que o TC não aprovaria. Situação que não se verificou”, revela António Vilela, edil, acrescentando que “por causa do processo a câmara teve que desembolsar quase 34 mil euros”.

“Neste documento a câmara teve que pagar pela apreciação do processo”, explica, acrescentando que “deveria ser o PS a pagar agora essa conta em vez dos vilaverdenses”.

(Notícia completa na edição impressa nº55 do Semanário V, já nas bancas)

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo