Região

Ensino. Três novas licenciaturas em engenharia disponíveis no IPVC

Fernando André Silva

O Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) vai arrancar no próximo ano letivo com novos cursos de licenciatura. O IPVC tenta assim ir ao encontro das reais necessidades do mercado de trabalho e garantir uma maior e melhor empregabilidade aos seus estudantes.

Licenciatura pioneira com mobilidade em Engenharia Alimentar

O IPVC em parceria com o Politécnico de Leiria e com o Politécnico de Bragança criaram uma licenciatura pioneira no País em Engenharia Alimentar que vai decorrer, em simultâneo, nas três instituições e que, além da formação científica e técnica de base e da interação com o tecido empresarial e industrial de cada região, leva os estudantes em mobilidade para aquisição de competências nas áreas em que cada instituição é especialista – lacticínios e vinhos em Viana do Castelo, recursos alimentares marinhos, hortofrutícolas e cereais em Leiria (Peniche), e carnes e azeite em Bragança.

A Engenharia Alimentar, área de grande projeção mundial, tem-se desenvolvido de uma forma bastante rápida e em várias direções, com especial destaque para as áreas do controlo da qualidade (químico, microbiológico, físico e sensorial), para o controlo dos processos de fabrico (linhas de produção, formulações e otimização, equipamentos auxiliares e projeto), para a gestão da qualidade (certificação de sistemas de gestão, de higiene e segurança e ambientais, acreditação de laboratórios) e para o desenvolvimento de novos produtos alimentares.

Terá uma duração de três anos, e envolve, no primeiro ano, preparação geral base na instituição de origem, e nos três semestres seguintes, mobilidade dos estudantes, para aquisição de competências nas áreas específicas de cada região/instituição. Trata-se de uma licenciatura que tem como suporte a metodologia de project based learning, que pretende que haja uma participação ativa na aprendizagem, e por isso, eminentemente prática.
A Licenciatura em Engenharia Alimentar conta com o apoio da Federação das Indústrias Portuguesas Agro-Alimentares (FIPA) e da Associação do Cluster Agroindustrial do Centro (INOVCLUSTER).

Engenharia de Redes e Sistemas de Computadores

Numa altura em que praticamente tudo se desenrola no digital e considerando a crescente procura por parte do mercado de formados em Informática o IPVC abre este ano a licenciatura de Redes e Sistemas de Computadores que se junta assim à já existente Licenciatura em Informática. A licenciatura em Engenharia de Redes e Sistemas de Computadores (ERSC) está orientada para as áreas das redes de comunicação, integração e administração de sistemas e cibersegurança.
Com uma forte componente prática o curso está preparado para acompanhar os avanços nestas áreas tecnológicas emergentes e responder da melhor forma aos desafios colocados pelo mercado de trabalho.

Engenharia Mecatrónica

O IPVC abre ainda no próximo ano letivo o curso de Engenharia Mecatrónica, aquela que é considerada como uma espécie de “futuro das engenharias”. O curso de Engenharia Mecatrónica incorpora componentes das formações em Engenharia Mecânica, Eletrotécnica e Informática, fazendo com que seja uma das mais procuradas quer pelos estudantes quer pelo mercado de trabalho.
Tendo em conta o elevado número de empresas que se têm deslocado para Portugal, e em particular para o distrito de Viana do Castelo, esta nova licenciatura do IPVC vai ao encontro do mercado de trabalho formando engenheiros numa área onde há escassez de gente formada, sendo a procura por parte das entidades empregadoras maior que a oferta. Com uma forte componente prática esta licenciatura está preparada para formar profissionais capazes de responder às reais necessidades deste setor.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista