Destaque

Cabanelas. Nova pena para assaltante que esperava “perdão do Papa”

Partilhe esta notícia!

O Tribunal de Braga condenou a um ano e seis meses de prisão o assaltante que roubou um carro em Soutelo e acabou intercetado pela GNR de Prado, na freguesia de Cabanelas.

Na altura, da detenção, em março, o assaltante disse que fugiu porque “não valia a pena ir preso, uma vez que o Papa iria conceder perdão na visita a Portugal”, em maio último.

(Notícia completa na edição impressa do Semanário V, a 26 de julho)

Comentários

topo