Destaque

Tribunais. Instrutor de condução reclama do acórdão do juiz

Joaquim Barroso, industrial e instrutor automóvel, reclamou do acórdão do juiz no caso do atropelamento mortal de um idoso, na freguesia de Gême, em Vila Verde.

Segundo o advogado, existem “determinadas nulidades” que podem alterar “parte do acórdão”. O o advogado aponta ainda que foi apresentada reclamação junto do Tribunal da Relação de Guimarães.

António Barroso foi condenado a oito meses de prisão e o pagamento de 1500 euros aos Bombeiros de Vila Verde.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo