Destaque Vila Verde

Tribunais. Suspeito de bater na família proibido de entrar em Vila Verde

Fernando André Silva

Francisco Pereira, residente na freguesia de Loureira, concelho de Vila Verde, foi proibido pela juíza do Tribunal de Braga de entrar no concelho de Vila Verde depois de ter ignorado anteriores medidas de coação e de se encontrar perto da ex-mulher e dos três filhos, por quem é acusado de violência doméstica.

A proximidade da residência do alegado agressor com a residência das vítimas levou a que a juíza alterasse as medidas de coação, colocando pulseira eletrónica no arguido e proibindo-o de entrar no concelho de Vila Verde.

Para além das medidas de afastamento das vítimas, Francisco Pereira foi ainda condenado a pagar 100 mil euros às vítimas, nas medidas de coação lidas esta sexta-feira, no Tribunal de Braga.

O arguido continua a desmentir todas as acusações de que é alvo por parte da ex-mulher e dos filhos, para além das acusações do Ministério Público, e estará a ser acompanhado por uma equipa de psiquiatria.

Recentemente, Francisco Pereira exigiu em tribunal uma indemnização por parte da ex-mulher de 150 mil euros, por, segundo o arguido, esta não lhe ter pago 21 meses de salários como motorista.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista