Desporto Destaque Vila Verde

António Barbosa. “Não metemos autocarros”

Nuno Barbosa
Escrito por Nuno Barbosa

O Vilaverdense FC desloca-se, esta terça, a Lisboa com o sabor de defrontar uma equipa grande do campeonato nacional. O conjunto do Vila vai com o objectivo de contrariar asestatísticas e tentar fazer o melhor jogo. Para Pedro Freitas, guarda redes do Vilaverdense FC, o jogo é “50% para cada lado. São 11 contra 11, tem de ser olhos nos olhos, eles não são nenhuns extraterrestres”, foi desta forma que o guardião do Vila abordou à comunicação social, na antevisão do jogo de quarta-feiras, 13 de dezembro.

Por sua vez, António Barbosa, treinador do VFC, afirmou que não vai a Alvalade para defender, mas sim para fazer o jogo que os seus jogadores tem vindo a demonstrar ao longo da época.

“Não metemos autocarros. Claro que passaremos muitos momentos em que teremos de defender em várias fases do jogo, mas também vamos jogar quando pudermos”. Eduardo Milhão, presidente do clube abordou para o ambiente de festa. “Vai ser um excelente dia de festa para todos nós. Ganhar ou não, para nós já um grande feito termos chegado até aqui”, apontou.

Recorde-se que para Alvalade, segundo informações do clube, estão vendidos mais de 1000 bilhetes. Os adeptos farão a deslocação na quarta-feira às 12:30 horas, junto ao café chafariz para se concentrarem às 19:00 horas (hora do jogo) no estádio José Alvalade no apoio à equipa.

Comentários

Acerca do autor

Nuno Barbosa

Nuno Barbosa

Jornalista