Vila Verde

Braga. Marcelo encarnou senador no maior presépio ao vivo da Europa

Fernando André Silva

Marcelo Rebelo de Souse foi o convidado principal da inauguração do Presépio ao Vivo de Priscos, nesta manhã de sábado, e que juntou centenas de pessoas, naquela freguesia do concelho de Braga.

O Presidente da República mostrou-se encantado com o trabalho desenvolvido pelas comunidades envolvidas na construção do presépio e classificou o presépio como “impressionate”.

Marcelo utilizou mesmo o presépio de Priscos como exemplo para abordar alguns dos tópicos da atualidade, como é o caso da reconstrução de Pedrógão Grande ou de Portugal ter saído do “lixo” no catálogo de uma agência financeira.

“É um pouco como no caso deste presépio que é o que é porque é um trabalho de 12 anos. Também nós como país precisamos de consolidar, ano após ano, aquilo que foi a conquista destes últimos anos”, referiu o Presidente da República.

Em visita a marcha lenta, típica de Marcelo Rebelo de Sousa, que nunca deixa ninguém por cumprimentar, o PR acabou por contracenar com alguns dos figurinos, serrando lenha, bebendo hidromel ou até mesmo sentar-se no senado que domina a vertente romana daquele presépio.

Sensibilizado com os esforços das comunidades intervenientes, Marcelo Rebelo de Sousa ficou também impressionado com o trabalho desenvolvido por presidiários, que recebem uma pequena quantia pelo trabalho desenvolvido na construção das instalações do presépio.

Em conversa informal com o padre João Torres, responsável por este projeto, o PR ficou a saber que o dinheiro é entregue aos presidiários quando eles são colocados em liberdade, o que já fez com que alguns conseguissem retomar a vida de uma forma justa graças aos ordenados ganhos a construir o presépio.

Recorde-se que o padre João Torres é também o capelão de algumas cadeias no norte do país.

O PR mostrou-se entusiasmado com a ideia e salientou que a ideia de dar o dinheiro após cumprirem pena é uma boa forma de poupar.

Com cerca de 900 figurinos, o Presépio ao Vivo de Priscos é o maior presépio vivo da Europa e conta nesta edição com o maior número de participantes de sempre.

Estará aberto até ao próximo dia 8 de janeiro.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista