Destaque Região

Adelino Briote. “Monstro de Barcelos” encontrado morto na cadeia

Fernando André Silva

Adelino Briote, que matou quatro pessoas à facada em Barcelos, em março deste ano, foi encontrado sem vida na ala psiquiátrica do Hospital Prisional de Caxias, avança o Correio da Manhã.

O “Monstro de Barcelos”, como ficou conhecido, foi encontrado esta terça-feira na cela por guardas prisionais. Terá morrido enforcado e sem indícios de crime. Adelino Briote tinha sido transferido para esta unidade prisional depois de vários surtos na cadeia, em Braga, para onde foi levado enquanto aguardava julgamento.

O homem estava acusado de quatro crimes de homicídio depois de ter morto à facada quatro vizinhos, entre as quais uma grávida,  por alegadamente estes não terem testemunhado a favor dele no processo de divórcio que se encontrava com a ex-companheira.

Violência doméstica estava entre os motivos do afastamento da mulher de Adelino Briote, estando o mesmo também acusado de agressão com uma barra de ferro à própria filha, também ela grávida na altura, e contra a ex-sogra.

Na altura do “massacre”, entregou-se à GNR e escandalizou a freguesia de Tamel São Veríssimo, ao apontar ainda uma quarta vítima quando se pensava haver apenas três.

 

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista