Braga Destaque

Braga. Cão deixado em varanda “enforca-se” ao tentar fugir

FAS / Semanário V
Fernando André Silva

Um cenário grotesco para quem passou esta tarde na Rua de São Martinho, com a imagem de um cão enforcado pela trela na varanda do segundo andar de um prédio, em Real, concelho de Braga.

O animal estaria naquela varanda há cerca de uma semana e, ao que tudo indica, terá saltado da varanda ao início da tarde desta sexta-feira, mas tinha a trela presa por uma corrente que acabou por se revelar fatal, asfixiando-o.

O alerta foi dado pelos proprietários de um mini-mercado situado em frente ao edifício n.º 218, daquela rua, com a PSP de Braga a deslocar-se ao local para apurar o óbito do animal.

Segundo os vizinhos, os moradores do apartamento onde estava o cão não costumam passar muito tempo em casa por motivos profissionais, e era “normal o cão ladrar e andar aos saltos na varanda”.

“O cão não mora ali há muito tempo, veio antes do Natal e eles puseram-no na varanda”, apontou um vizinho.

Fonte da PSP indicou ao V que os proprietários não estavam em casa e que ainda não tinha sido possível contactá-los na altura da reportagem. O cadáver esteve nestas condições aproximadamente duas horas, enquanto pouco abaixo decorria o jogo do SC Braga, por não haver meios de resgate disponíveis.

Os Bombeiros Sapadores de Braga foram mobilizados para o local para retirar o cadáver com recurso a uma escada uma vez que não era possível entrar na habitação.

Funcionários da AGERE recolheram o cadáver para incineração.

Questionado pelo V, fonte da PSP indicou que “só se tomam medidas de investigação caso haja uma queixa contra os proprietários”.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista