Braga Destaque Vila Verde

Vila Verde. É em fevereiro a leitura do acórdão no caso das cartas falsas

Fernando André Silva

A leitura do acórdão do caso de corrupção das cartas falsas do centro de exames ANIECA, em Vila Verde, ficou marcada para o próximo dia 23 de fevereiro.

As alegações finais do processo terminaram ontem, depois da PJ apurar que um total de 1.1 milhões de euros foram arrecadados por cinco examinadores.

A PJ também apurou que, entre os examinados que “pagaram” as cartas, se encontrava o jogador de futebol Fábio Coentrão, que chegou mesmo a ser ouvido como testemunha e confirmado que obteve ajuda para passar no exame.

O Ministério Público pediu a condenação de 45 dos 47 arguidos, entre os quais nove examinadores que recebiam cerca de mil euros para ajudar os alunos.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista