Braga Destaque País Vila Verde

Vila Verde. Presidente da Prebuild burlado na compra de um iate de luxo

João Gama Leão / La República

O empresário vila-verdense João Gama Leão, presidente do grupo empresarial Prebuild, foi um dos lesados da mega burla dos iates de luxo, que conheceu ontem novos desenvolvimentos.

O presidente da Prebuild terá sido um dos dois portugueses lesados (o outro é Manuel Couto Alves, de Guimarães), ao pagar um sinal para a compra de um iate de luxo a um casal que residia no Algarve. O casal fugiu para o Brasil em 2013 com o sinal dado pelos dois empresários, e ainda de um joalheiro árabe e de uma empresa norueguesa.

A PJ de Faro, que acredita que o casal lesou os clientes em cinco milhões de euros, deteve o burlão, de 45 anos, em 2015, mas o mesmo pagou uma caução de 100 mil euros e regressou ao Brasil. Esta semana, foi detida a mulher, Tatiana, de 38 anos e de nacionalidade brasileira.  A mesma pagou uma caução de 30 mil euros e, assim como o companheiro, aguarda julgamento em liberdade.

A investigação da PJ de Faro seguiu o rasto de empresas de fachadas até chegar ao casal. Três milhões foram congelados a pedido da PJ, mas o resto do dinheiro terá sido levado pelo casal para o Brasil. Segundo a PJ, já foi pedida a colaboração das autoridades brasileiras para esta investigação, que conta ainda com outros cinco arguidos, para além do casal.

Partilhe esta notícia!

Comentários

Acerca do autor

Paulo Moreira Mesquita

Paulo Moreira Mesquita

Diretor Semanário V