Vila Verde

Ensino. Estadista espanhola elogia trabalho da Escola Secundária de Vila Verde

Partilhe esta notícia!

A conselheira para a Educação e Emprego do Governo de Extremadura, em Espanha, elogiou o empenho e compromisso da Escola Secundária de Vila Verde (ESVV) na parceria que a mesma tem levado a cabo com o Instituto El Pomar, para o ensino bilingue dos alunos daquela região espanhola.

O projeto europeu com o nome “Erasmus+ Ação Chave 2, KA219”, levado a cabo desde o ano passado numa parceria El Pomar / ESVV, debruça-se sobre o estudo bilingue e as novas tecnologias.

A estadista espanhola deixou elogios durante um congresso realizado na sede do El Pomar, sob o tema “As Línguas – Uma porta aberta para a Europa”, destacando os bons resultados da ideia do ensino através das novas tecnologias.

Satisfeita com os resultados, a conselheira anunciou que Extremadura e Portugal vão assinar um acordo para impulsionar a língua portuguesa naquela região espanhola.

Segundo Esther Gutiérrez, esse acordo tem como objetivo dar um novo impulso ao português como segunda língua estrangeira e “cortar amarras” entre fronteiras no que toca à formação, ensino e aprendizagem das línguas ibéricas.

A conselheira diz ainda que três em quatro pessoas que estudam português em Espanha, estão na Extremadura e que naquela região existem informações bilingues em várias seções.

No final do ano passado, em nota à imprensa, a ESVV já tinha salientado a importância deste acordo com a instituição espanhola, no que toca à “necessidade sentida de estudar as metodologias de ensino em português e inglês”.

Na altura, esta escola espanhola apostou trabalhar em conjunto com a ESVV devido aos resultados do PISA (eficácia nas provas externas) de forma a “poder melhorar os resultados dos seus alunos na língua inglesa e no estudo mais aperfeiçoado da língua portuguesa para que os seus alunos ao ingressarem nas empresas levem consigo mais conhecimento”.

“Simultaneamente, o projeto, deseja melhorar as práticas docente”, referiu a ESVV.

O projeto europeu entre o El Pomar e a ESVV tem o nome “Erasmus+ Ação Chave 2, KA219”, debruça-se sobre o estudo bilingue e das novas tecnologias e é cofinanciado por fundos europeus.

Comentários

topo