Destaque

GNR. Quatro detidos por danos contra a natureza no rio Cávado

Partilhe esta notícia!

A Unidade de Controlo Costeiro, através do Destacamento de Controlo Costeiro de Matosinhos, ontem, dia de 17 de fevereiro, deteve, em flagrante, quatro indivíduos por danos contra a natureza, no rio Cávado.

A GNR efetuou uma ação de fiscalização que visou a captura ilícita de meixão, tendo a mesma culminado na detenção de 4 indivíduos, em flagrante delito, resultando ainda na apreensão de 1240 gramas de meixão, 14 redes ilegais e duas embarcações.

A enguia europeia (anguilla anguilla), que na fase larvar é conhecida poe enguia juvenil/meixão, é uma espécie considerada em perigo e que tem sofrido grande redução do número de efetivos em razão da pesca ilegal, impedindo desta forma o normal ciclo de reprodução, colocando em causa a sustentabilidade da espécie.

Os detidos, com idades entre os 40 e 60 anos, foram constituídos arguidos e sujeitos à medida de coação de termo de identidade e residência, tendo o meixão sido devolvido ao seu habitat natural.

Comentários

topo