Amares

Amares. Manhã de protestos em frente à Câmara por causa dos camiões

Partilhe esta notícia!

Um grupo de 40 trabalhadores da empresa Bracicla, de Amares, está esta manhã concentrado em frente ao edifício da Câmara de Amares em protesto pela redução do horário permitido para os camiões da empresa circularem.

Alguns dos trabalhadores fizeram questão de salientar à imprensa que este protesto é motivado pelos mesmos e não pela empresa em si.

Recorde-se que desde a passada sexta-feira que a empresa coloca os camiões estacionados durante a noite em frente à Câmara, em forma de protesto por uma promessa por cumprir de Manuel Moreira, autarca amarense.

Segundo o proprietário da empresa, António Veloso, o presidente da Câmara terá prometido, antes das eleições, executar um outro acesso à empresa que não passe pela área residencial.

A circulação dos camiões nessa área, junto à empresa, em Ferreiros, motivou o tribunal a reduzir o horário de fecho de trabalho da empresa das 22h para as 20h. No entanto, a empresa alega que é impossível conseguir terminar o dia de trabalho antes das 22h devido a deslocações longas dos motoristas.

Manuel Moreira já disse que está a ser cumprida a lei, mas ainda não se pronunciou quanto à eventual promessa de construção de um acesso à empresa, que emprega cerca de meia centena de trabalhadores.

Comentários

topo