Braga

Braga. Sessão do “Braga à Lupa” desvenda teto do antigo Convento do Salvador

Partilhe esta notícia!

No âmbito do programa de divulgação patrimonial intitulado “À Descoberta de Braga”, o Município de Braga realiza esta quinta-feira (22) mais uma sessão do ‘Braga à Lupa’ que terá como mote o teto em caixotões do templo do antigo Convento do Salvador.

A sessão, que irá decorrer às 21h30, no antigo templo conventual do Salvador, será conduzida por Rui Ferreira, da Câmara Municipal de Braga, e terá como convidada especial a investigadora Rita Carqueja Rodrigues, da Universidade Católica Portuguesa, especialista na temática em questão.

Este exemplar único da linguagem pré-barroca em Braga, distingue este templo dos demais que integram o vasto inventário da arquitectura religiosa bracarense. São no total quatro dezenas de compartimentos retangulares, preenchidos por pinturas hagiográficas onde sobressaem os mistérios gozosos e dolorosos inseridos pela tradição cristã na vida da Virgem Maria e de Jesus Cristo ou ainda a curiosa presença de São João Baptista.

O teto forrado a caixotões que sobrepuja o corpo central da igreja revela-se inequivocamente um dos mais interessantes conjuntos do género existentes no nosso país, ombreando com outros como o da antiga Sé de Bragança, do paço ducal de Vila Viçosa ou, mais próximo, da igreja de Santa Ana em Viana do Castelo.

O programa ‘À Descoberta de Braga’, de periodicidade mensal, tem como objetivo dar a conhecer aos bracarenses o seu património e história local. A próxima iniciativa decorrerá no sábado, 24 de fevereiro, com uma visita guiada ao legado do arcebispo D. Frei Agostinho de Jesus.

Os interessados em participar devem efetuar inscrição prévia através do email [email protected].

Comentários

topo