Região

Política. Joaquim Barreto quer “agregar, mobilizar e coordenar” militantes na afirmação do PS Braga

Agência Lusa
Escrito por Agência Lusa

O candidato à liderança da Federação Distrital do PS de Braga Joaquim Barreto quer “agregar, mobilizar e coordenar” os militantes numa “demanda de afirmação” do partido como a “força mais preparada” para responder aos desafios do distrito.

Em declarações à Lusa, no dia em que apresentou a sua candidatura a mais um mandato frente àquela estrutura socialista, o ex-autarca de Cabeceiras de Basto apontou quatro “objetivos estruturantes para a afirmação do partido e da região” com que se apresenta a votos.

“Preservar, aprofundar e afirmar os valores da democracia, da liberdade, da solidariedade, da fraternidade e igualdade constantes da declaração e carta de princípios do Partido Socialista, fomentar e fortalecer as relações de proximidade e cooperação entre as estruturas partidárias, os militantes, os simpatizantes, os autarcas do PS e a população em geral, respeitando a autonomia das estruturas concelhias”, disse.

Joaquim Barreto quer ainda “apoiar a governação do PS de modo a criar as condições que permitam a continuidade das políticas que fomentam o crescimento económico, a criação de emprego, sobretudo para as camadas mais jovens, a igualdade e a solidariedade social, tendo sempre presente as pessoas e o Distrito de Braga”.

Entre os objetivos do socialista está também “conceber políticas, definir estratégias e planos de ação que permitam obter vitórias nas próximas eleições para o parlamento europeu e legislativas”.

As eleições legislativas são uma das preocupações do candidato, assim como a representação do distrito nas listas à Assembleia da República.

“Esta equipa definirá uma estratégia distrital que permita obter vitórias nas eleições legislativas e europeias, para o PS, pois dessa forma o distrito de Braga garantirá uma presença significativa e efetiva na Assembleia da República e no Parlamento Europeu”, disse.

Quanto às eleições para o Parlamento Europeu, Joaquim Barreto deixou o objetivo: ” A relevância do trabalho desta Federação garantirá argumentos que permitirão criar condições junto da Direção Nacional para que a lista de candidatos a eurodeputados integre num lugar com grau elevado de probabilidade de eleição, um militante do Distrito de Braga, indicado por esta Federação”, apontou.

Joaquim Barreto, que conta com o ex-presidente da Câmara Municipal de Braga Mesquita Machado como mandatário, referiu ainda outras “áreas de intervenção” a que dará atenção.

“A sempre atual temática da descentralização e consequente transferência de competências para as autarquias, a atenção cuidada ao novo quadro comunitário, a reorganização administrativa, afirmando o compromisso de defender um trabalho de proximidade, com auscultação dos anseios das populações, com vista a viabilizar um amplo debate em torno deste importante dossier, bem como, entre outros temas de importância fulcral, a revisão do Mapa Judiciário, promovendo o debate e a avaliação de medidas que ajudem a atenuar as assimetrias existentes”, enumerou.

Comentários

Acerca do autor

Agência Lusa

Agência Lusa