Destaque Vila Verde

Queimadas. Bombeiros de Vila Verde falam em “aumento descontrolado” de situações de incêndio

Fernando André Silva

Têm sido dias complicados para os Bombeiros de Vila Verde, com mais de uma dezena de incêndios a deflagrarem nos últimos três dias, a maior parte fruto de queimadas descontroladas.

Através das redes sociais, a corporação avança que “nos últimos dias” tem existido um “aumento descontrolado de situações de incêndios cuja origem pode estar associada a uma utilização errada das queimas e queimadas”.

Segundo os BVVV, a operação de queimada é uma ferramenta que pode ser usada para gestão de combustível [queimar ramos, folhas e outros detritos naturais] na floresta e no espaço rural, mas “deve ser executada cumprindo a legislação existente”.

“Técnicos especializados ou equipas de bombeiros a salvaguardar as faixas de segurança e as medidas de autoproteção” é o recomendado pela lei, e a forma de evitar “que desta manobra [queimada] possa surgir um incêndio florestal”.

Recorde-se que ainda esta sexta-feira, em Ponte São Vicente, os BVVV fizeram uma queimada controlada de acordo com a lei, em parceria com a junta de freguesia, à qual o V assistiu. Também esta segunda-feira, a corporação realiza nova gestão de combustível na Vila de Prado.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista