Braga Destaque

Causas. Arquiteto de Braga desenvolve saneamento no ‘quilombo’ brasileiro

Igreja de Santana (c) Combate ao Racismo Ambiental
Fernando André Silva

Nuno Duarte Flores, da empresa Escritório de Arquitetos, com sede na rua 25 de Abril, em Braga, é responsável por um projeto de saneamento básico sustentável, num ‘quilombo’ no interior do estado do Rio de Janeiro, no Brasil, tendo já concluído numa primeira instância o saneamento de uma casa daquela comunidade.

Desta ação surgiu uma parceria com a associação de moradores que consiste na construção de um sistema de saneamento básico sustentável que garantirá a limpeza das linhas de água do Quilombo de Santana.

O projeto chama-se “Limpar Santanta” e consiste na construção de um sistema de saneamento básico sustentável que garantirá a limpeza das linhas de água do Quilombo de Santana para melhorar o atual nível da qualidade de água de consumo da totalidade das suas habitações.

Segundo o arquiteto, que organizou um sistema de angariação de fundos através da internet para desenvolver este projeto, “há a possiblidade de ainda construir uma cozinha comunitária certificada para introduzir a produção alimentar daquele lugar no circuito dos mercados e feiras da região.

Nuno Duarte Flores lembra que “os quilombos eram os territórios dos negros que fugiam à escravatura. E continuam a ser os territórios vivos dos descendentes dessa resistência”.

“A luta pelo direito aos lugares originários ou aos que, entretanto, ocuparam, permite valorizar a cultura afro-brasileira, sendo que para isso não poderão continuar com a infraestrutura, a habitação ou o acesso à terra na situação precária que se encontram actualmente”, refere p arquiteto.

“Esta história permite-me, juntamente com a associação de moradores, utilizar a arquitetura, indo à essência da sua função social, como ferramenta para potenciar e valorizar a cultura afro-brasileira”, frisa Nuno Duarte Flores.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista