Braga

Greve. CP assegura serviços mínimos em Braga para esta segunda-feira

Fernando André Silva

A greve na Infra-estruturas de Portugal (IP), empresa gestora da infra-estrutura ferroviária, marcada para a próxima segunda-feira levou a CP e a Fertagus a decretarem serviços mínimos.

A CP informa, em comunicado, que não vai disponibilizar transportes alternativos aos serviços suprimidos pela greve, mas que vai reembolsar o valor dos bilhetes que já tiverem sido adquiridos ou permitir alterações de data ou de comboio sem custos.

Segundo a CP, estão garantidas cinco viagens do serviço Alfa-Pendular. Para Braga, vão realizar-se três viagens, uma para Guimarães e uma para Campanhã, no Porto. Do Porto para Faro vai realizar-se uma viagem, às 7h, e no sentido inverso às 15h47.

A greve na IP vai afectar também o serviço regional da CP, nomeadamente as linhas do Minho, Douro, Vouga, Beira Alta e Beira Baixa, Oeste e Algarve. A Linha do Norte vai ter supressões em vários troços: Porto/Lisboa, Coimbra/Aveiro e Entroncamento/ Coimbra.

A Linha de Braga vai contar com oito comboios a partir do Porto com destino a Braga e seis comboios de Braga para o Porto. A Linha de Guimarães, que liga o Porto a Guimarães, vai contar com quatro comboios para cada sentido. Já a Linha de Aveiro tem garantidos 15 comboios do Porto para Aveiro e 14 no sentido contrário.

A greve na IP deve-se ao acordo colectivo de trabalho que está a ser negociado entre a administração e os trabalhadores.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista