Região

Saúde. Bloco de Esquerda exige novo hospital em Barcelos

© Lusa
Redação
Escrito por Redação

O Bloco de Esquerda (BE) exigiu hoje obras “urgentes” de requalificação do Hospital de Barcelos e a inclusão no próximo Orçamento do Estado da construção de uma nova unidade hospitalar naquela cidade.

Em conferência de imprensa, o deputado bloquista Pedro Soares defendeu ainda a necessidade de dotar aquele hospital de mais profissionais de saúde e de mais equipamentos, para inverter um quadro de funcionamento que diz estar “próximo do caótico”.

“De uma forma intencional ou não, esta é uma situação que serve os objetivos da PPP [parceria público-privada] do Hospital de Braga, para onde são sistematicamente encaminhados os utentes do Hospital de Barcelos”, referiu.

Segundo Pedro Soares, urge inverter o desinvestimento no Hospital de Barcelos e a sua perda e capacidade de tratamento e socorro, com obras urgentes de requalificação e com o reforço de pessoal e equipamentos.

O BE vai ainda pugnar pela inclusão no Orçamento do Estado para 2019 da construção de um novo hospital em Barcelos.

Pedro Soares deixou o repto à “conjugação de esforços”, na luta pelo novo hospital, entre câmaras municipais dos concelhos servidos pelo hospital (Barcelos e Esposende), freguesias, forças políticas e deputados eleitos pelo distrito de Braga.

O dirigente do BE/Barcelos José Maria Cardoso disse que, atualmente, o Hospital de Barcelos está transformado “numa espécie de centro de saúde um bocadinho maior” ou num “centro de triagem de doentes para Braga”.

A funcionar num edifício propriedade da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos, o hospital dá resposta a 154 mil habitantes daquele concelho e de Esposende.

Em 2007, o Governo e a Câmara de Barcelos assinaram um protocolo para a construção do novo hospital daquela cidade.

Segundo o protocolo, à câmara caberia adquirir os terrenos necessários para o efeito.

O projeto do hospital seria depois apresentado publicamente pelo então secretário de Estado da Saúde, Manuel Pizarro.

No entanto, o processo nunca saiu da gaveta.

Na sexta-feira, o Bloco de Esquerda apresentou, na Assembleia da República, uma pergunta dirigida ao Ministério da Saúde, questionando se tem conhecimento da situação do Hospital de Barcelos e quais são os planos do Governo sobre obras de requalificação das atuais instalações e sobre a construção de um edifício de raiz.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação