Braga

Braga. Autarcas querem criar “associação de freguesias” do centro histórico

Redação
Escrito por Redação

As freguesias do centro histórico da cidade de Braga querem criar uma Associação de Freguesias para defender interesses comuns e rentabilizar recursos. Do rol de reivindicações, aquelas quatro autarquias pretendem, entre outras, aumentar a eficácia na regulamentação do acesso ao centro histórico da cidade, nomeadamente ao nível do ruído, das esplanadas, manutenção das ruas, passadeiras e limpeza urbana.

No decorrer de uma reunião de freguesias do centro histórico, que teve lugar na sede da Junta de Freguesia de S. Lázaro, aqueles autarcas propõem também que a actuação da Polícia Municipal seja efetivada em dois horários distintos, horário de verão e horário de inverno. Jorge Pires (S. Vicente), João Pires (União de Freguesias de S. Lázaro e S. João Souto), Luís Pedroso (União de Freguesias de Maximinos, Sé e Cividade) e Ricardo Silva (S. Vitor), solicitaram a António Barroso, representante do Presidente da Câmara de Braga na reunião, novas competências para uma solução mais célere dos problemas que afligem as freguesias no seu dia-a- dia.

António Barroso adiantou aos autarcas presentes que está em finalização um estudo elaborado pelo serviços municipais relativo a competências que podem efetivamente passar para a alçada das freguesias do centro histórico, com o respetivo envelope financeiro.

De resto, o encontro destes autarcas com a Câmara de Braga, serviu também para abordar mais questões pertinentes para a vida destas instituições e respetivas comunidades, nomeadamente a contratação de pessoal por parte das freguesias, a questão da protecção de dados pessoais, campanhas de sensibilização para os donos de animais de estimação, a manutenção dos parques infantis, a questão das podas das árvores e arranjo dos respectivos locais de implementação e a limpeza do rio Este, uma vez que as chuvadas dos últimos dias encheram o rio de detritos.

Esta iniciativa insere-se na realização mensal e rotativa de reuniões de trabalho em cada uma destas freguesias, numa prova de total abertura e cooperação da Câmara de Braga com estas Juntas de Freguesia que representam o núcleo mais urbano do concelho onde também marcou presença João Luís Barros em representação do vereador João Rodrigues.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação