Vila Verde

Vila de Prado. Agressões deixam mãe no hospital e filha sob avaliação psiquiátrica

Fernando André Silva

Uma mulher ficou com ferimentos depois de ter sofrido um episódio de violência doméstica, na Vila de Prado. A agressora foi a própria filha, de 19 anos, que foi transportada pela GNR para avaliação psiquiátrica.

A confusão entre mãe e filha deu-se esta tarde, dentro da habitação onde as duas residem, na Vila de Prado. Pelo que foi possível apurar pelo Semanário V, a filha estaria inicialmente aos gritos com mãe partindo depois para agressões físicas.  A mulher agredida, de 46 anos, é segurança de profissão e não poderia retaliar sob pena de perder a licença profissional tendo efetuado apenas manobras defensivas.

A GNR de Prado foi alertada por volta das 16h para ums situação de agressões deslocando-se ao local para tomar conta da ocorrência. Constatando a situação da agredida, os militares da GNR tiveram mesmo de solicitar a intervenção de auxílio médico, através dos Bombeiros de Vila Verde que se deslocaram ao local.

Dada a primeira assistência no local, a agredida foi transportada para o Hospital de Braga com “olhos negros” e vários hematomas, sendo no entanto considerado um ferido ligeiro. Já a agressora, devido à situação instável que apresentava, foi levada pelos militares da GNR para o Hospital de Braga com o intuito de ser avaliada psiquiatricamente, uma vez que já não será a primeira vez que se envolve em agressões físicas com a progenitora.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista