Vila Verde

Loureira. Improviso para peões recolhe apoio dos comerciantes

Fernando André Silva

As infraestruturas de Portugal (IP) ja terminaram o corredor de segurança na berma da EN 101, junto aos estabelecimentos comerciais, na freguesia da Loureira.

Pedro Dias referiu na altura em que se iniciaram as obras que esta instalação é apenas uma medida temporária mas que poderá já dar algum conforto aos peões, até que comece a construção da rotunda, esperada para este mês, e requalificação dos passeios, esperada para setembro.

O autarca refere que esta foi uma das reinvindicações do executivo da Loureira e da Câmara de Vila Verde aquando da última reunião com a IP.

No entanto, alguns populares que habitualmente ali circulam questionam o motivo de a IP não ter colocado um corredor maior, ficando apenas em frente à zona de uma pastelaria. “Não puseram junto às habitações mais abaixo e aqui em cima, antes do cruzamento também podiam ter posto”, indicou um dos moradores das imediações, apontando que “só está em frente à pastelaria”. Não se identificou por a matéria ser “demasiado sensível”.

O Semanário V falou também com João Araújo, proprietário da pastelaria Babá, que prefere não comentar a polémica da localização e se mostrou a favor deste improviso. “Somos a favor de todas as coisas que possam melhorar a berma da estrada, embora se fosse já um passeio definitivo teria sido melhor”, refere, contrapondo no entanto que “deverá ser colocado quando requalificarem toda a estrada”.

Mas João Araújo refere ainda que “uma passadeira elevatória” em frente ao estabelecimento “era o ideal”. “Achamos que isso iria trazer mais segurança para os peões e para os clientes desta zona”, diz o proprietário.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista