Vila Verde

Ensino. EPATV assina protocolo com municípios brasileiros

Fernando André Silva

O Grupo Amar Terra Verde assinou dois protocolos de cooperação com os municípios do interior do Brasil — Pium e e Beijinho da Nazaré — para desenvolver humana e socialmente as populações destes territórios — anunciou João Luís Nogueira.

De acordo com o Director Geral do Grupo Amar Terra Verde, com sede em Vila Verde, estes protocolos destinam-se a “aproximar duas culturas com raízes históricas comuns, proporcionando aos mais jovens a partilha de experiências culturais e históricas das sociedades atuais” através da realização de ações que valorizamestas laços numa “perspetiva de progresso e projecção para o futuro”.

Contribuir para o “desenvolvimento de uma aprendizagem de qualidade e promover elevados níveis de desempenho” constituioutro dos objetivos das ações a desenvolver através da partilha de “práticas pedagógicas e curriculares do ensino profissional e superior de saúde”.

O grupo que inclui a Escola Profissional Amar Terra Verde e o ISAVE — Instituto Superior de Saúde, vai desenvolver no Município de Breijinho de Nazaré projectos comuns de “intercâmbio e cooperação, tendo em vista a organização e implementação de ações de ensino e formação profissional  de áreas de maior relevância para o desenvolvimento sócio-económico e cultural do Estado de Torcantins, Brasil” — prosseguiu João Luís Nogueira.

Assim, a EPATV compromete-se a receber, em cada ano letivo, dez jovens deste Estado em cursos e áreas de acordo com a manifestação vocacional” e a implementar “o funcionamento e gestão da escola da área rural com os Quilombolas” além de cursos de formação de curta duração para formação de recursos humanos – revelou Miyuki Hyasshida, prefeita de Breijinho da Nazaré. No caso do Município de Pium-TO, a EPATV implementará “o fucionamento de um Campus Internacional juntamente com os Instituto Ecológico e Centro de Pesquisas Canguçu, e desenvolve “cursos de formação de curta duração para formar profissionalmente recursos humanos nas áreas de electrónica, construção civil e electricidade, além de formações em enfermagem, noções de Higiene e Segurança no Trabalho e primeiros socorros.

Também para este município, a EPATV se compromete a “disponibilizar vagas para um mínimo de dez jovens em cursos e áreas de acordo com o desejo vocacional dos candidatos” – adiantou o prefeito Valdemir Oliveira Barros.

Estes protocolos resultam de uma visita que aqueles autarcas e outros dirigentes efectuaram a Vila Verde, Ponte de Lima, Terras de Bouro e Amares durante uma semana, entre 19 e 23 de março, durante a qual conheceram escolas profissionais e de saúde, autarquias, empresários e centros de negócios do Minho.

Estes dois municípios do interior brasileiro encontram-se numa fase de desenvolvimento infra-estrutural e de formação de mão-de obra profissional e superior e “procuram parceiros estratégicos para o investimento local para apoiar a obra que se vai realizar na região como a importação de produtos e materiais na ótica da fixação de empresas na região” – explicou João Luís Nogueira. A EPATV concretizou a sua vontade de colaborar com estes dois municípios para “ser parceira no apoio a esta estratégia local” e reforçar a sua credibilidade, já conquistada na Europa, no continente sul-americano.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista