Vila Verde

Vila Verde. PS alerta para atraso de obras na Lage

Fernando André Silva

No decorrer da Assembleia Municipal extraordinária de Vila Verde, o deputado municipal do PS, Carlos Araújo, natural da Lage, questionou o presidente da Câmara de Vila Verde, António Vilela, acerca dos atrasos nas obras da Avenida da Igreja, na Lage, deixando no ar a ideia de que só arrancaram devido à proximidade das anteriores eleições autárquicas. O deputado socialista ficou, no entanto, sem resposta.

Carlos Araújo disse não entender como é que uma obra que um contrato celebrado em 7 de julho de 2017 e com um prazo de execução de 120 dias, viu a obra arrancar em setembro de 2017 no período pré-eleitoral.

O socialista refere que o município “gastou verbas numas telas publicitárias eleitoralistas que a CNE mandou retirar, e a obra, que começou tarde, deveria estar concluída no Natal, em cumprimento com as clausulas do contrato”.

“Infelizmente, a obra em questão não terminou no Natal passado, nem sequer vai estar concluída para esta Páscoa”, referiu ainda o deputado.

Carlos Araújo questionou ainda se a responsabilidade dos atrasos é da empresa ou do município, mas António Vilela acabou por não responder à questão colocada pelo deputado.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista