Destaque Vila Verde

Incêndios. Sapadores do Alto Minho com formação em Vila Verde

(c) FAS / Semanário V
Fernando André Silva

Treze elementos de diversas companhias de Sapadores Florestais do Alto Minho estão integrados numa ação de formação em Vila Verde, dirigida pela Escola Nacional de Bombeiros (ENB).

Segundo o comandante José Parola Gonçalves, formador externo da ENB, esta formação (IF1) consiste numa abordagem dos sapadores ao primeiro ataque a fogos florestais e é a mesma que os bombeiros recebem numa fase inicial.

Comandante José Parola (c) FAS / Semanário V

Filipe Cotinho, porta-voz dos sapadores de Sistelo, Arcos de Valdevez, realçou a importância desta formação para uma melhor abordagem aos incêndios e para colmatar falhas que possam existir a esse nível.

Também da freguesia de Soajo, do mesmo concelho, outra equipa de sapadores marcou presença na formação. Naquele concelho, com cerca de 3700 hectares de floresta, as equipas são integradas a nível de freguesias.

De Monção, Júlio Carlos, porta-voz, explica que esta formação serve para “melhorar” a ação dos sapadores que são quem melhor conhece os trilhos florestais e os acessos para mais rápido chegar a uma frente de incêndio.

Esta formação iniciou hoje e prolonga-se por mais uma semana.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista