Braga

Braga. Parcómetros “fora de serviço” por estarem cheios de moedas

Redação
Escrito por Redação

As sucessivas ações em tribunal por parte da Câmara de Braga e da ESSE, que explorava o estacionamento à superfície naquela cidade, deixaram a fiscalização dos parcómetros com alguns problemas que têm beneficiado os automobilistas.

Desde que a Câmara de Braga conseguiu o resgate do estacionamento que a ESSE deixou de fiscalizar, não recolhendo as moedas que estão no interior dos aparelhos e que já chegaram ao limite máximo nos últimos dias.

Segundo Ricardo Rio, presidente da Câmara de Braga, esta situação deve-se ao facto da ESSE não ter entregue as chaves dos parcómetros para que a Polícia Municipal – entidade que assume a fiscalização – possa recolher o dinheiro.

Também não estão a ser passadas multas, uma vez que a ESSE não disponibilizou a lista dos automobilistas que têm acordo de estacionamento fixo.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação