Destaque Vila Verde

Vila Verde. Homem queixa-se de ter sido agredido com arma de fogo em Sabariz

Bruno Silveira foi encontrado em Sabariz, no meio do mato / DR
Fernando André Silva

O homem que diz estar a ser perseguido e ameaçado por “jagunços” desde a passada semana voltou a pedir socorro à emergência médica depois de, alegadamente, ontem ter sido retirado do carro onde seguia, agredido à coronhada, e deixado no meio de uma zona de mato, em Sabariz, na zona da Malheira.

Bruno Silveira refere que “três homens” colocaram-se à frente do carro tendo depois puxado a vítima para fora onde o agrediram com a coronha de uma arma de fogo.

Ao que o Semanário V apurou, à chegada da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Hospital de Braga, a vítima encontrava-se com lesões na cabeça.

Foram acionados os Bombeiros de Vila Verde que se deslocaram ao local, pouco depois das 21 horas desta quinta-feira, fazendo o transporte da vítima para o Hospital de Braga.

A GNR de Vila Verde tomou conta da ocorrência, sendo esta já a terceira alegada agressão sofrida pelo homem, de Real mas a viver em Vila Verde, no espaço de uma semana, primeiro em Braga e as últimas duas em Vila Verde.

Ao Semanário V, a vítima diz que o caso vai seguir para o Ministério Público, havendo suspeitas por parte do mesmo de familiares envolvidos nestes alegados ataques.

Em todas as três situações reportadas pela vítima, tanto à PSP (em Braga) como à GNR (em Vila Verde), não existiram testemunhas para atestar as agressões.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista