Braga

Braga. Junta de Frossos com edifício requalificado

Redação
Escrito por Redação

O presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio, inaugurou esta quarta-feira, dia 25 de abril, as obras de requalificação do edifício da Junta de Freguesia de Frossos, que se apresenta agora com “todas as condições para servir a comunidade”.

Segundo a autarquia, dado o estado de degradação do edifício, esta era “uma obra considerada fundamental para a União de Freguesias de Merelim (S. Pedro) e Frossos, que passou a contar com um equipamento totalmente remodelado e apto a dar resposta às necessidades da população”.

“O edifício recebeu um conjunto de intervenções que levaram a uma profunda alteração do espaço e a uma redistribuição do seu interior, tendo em consideração os hábitos e rotinas da freguesia e das respectivas coletividades”, diz a autarquia em comunicado.

“Não há melhor maneira de celebrar o 25 de Abril do que ir demonstrando que houve conquistas resultantes dessa efeméride que nos trazem muitos benefícios. A remodelação deste espaço é uma boa demostração do desenvolvimento que o país teve ao longo destes 44 anos com uma rede de infra-estruturas e equipamentos que foram criados por todo o território, criando soluções de proximidade para a população e para as coletividades desenvolveram as suas actividades”, afirmou Ricardo Rio, durante a cerimónia de inauguração, enaltecendo a “visão e perseverança dos responsáveis locais que fizeram todos os esforços para que Frossos conseguisse contar com um edifício moderno, funcional e com as valências necessárias para o pleno desempenho das suas funções”.

Para o autarca, a partir de hoje Frossos conta com um equipamento com toda a capacidade para dar “resposta às questões administrativas, mas também ao trabalho das diversas associações e com as actividades que são desenvolvidas no âmbito cultural, desportivo e social, assim como para a convivência da população”.

As obras de requalificação do edifício representam um investimento de 230 mil euros suportados pela Junta de Frossos, que ao longo dos anos foi desenvolvendo esforços com vista a este objetivo.

“Sempre dissemos que o dinheiro de Frossos seria gasto na freguesia e assim nasceu esta obra. É nossa esperança que, numa segunda fase nasça um auditório na envolvência deste edifício e para a concretização desse projecto conto com o apoio do Município de Braga”, explicou Adélia Silva, presidente da União de Freguesias (UF) de Merelim (S. Pedro) e Frossos.

Um apelo que Ricardo Rio aceitou, elogiando o esforço e a pró-atividade da UF que realizou esta intervenção “única e exclusivamente com fundos próprios resultando numa excelente complementaridade entre os diversos órgãos de poder local”.

Por isso, o autarca garantiu que a Câmara de Braga  “financiará a segunda fase do projecto, que resultará na ampliação deste mesmo edifício para que ele fique dotado com um amplo auditório com capacidade para 150 lugares e que será uma mais-valia para a população”.

Nesta cerimónia, o autarca lembrou que ao longo dos últimos anos, em obras delegadas nas juntas ou executadas por administração direta, o Município de Braga investiu “mais de 25 milhões de euros em vários equipamentos de proximidade”.

“Nestes anos criamos um ciclo regular de investimentos nas mais diversas freguesias do concelho e isso sente-se no terreno, com várias intervenções importantes e equipamentos que ajudam a melhorar a qualidade de vida das populações”, apontou Ricardo Rio.

No caso de Merelim (S. Pedro) e Frossos, o edil sublinhou que têm sido muitos os projetos desenvolvidos em conjunto com esta UF em diversas áreas de atuação, resultando em “claro benefício” da população.

“Essas intervenções têm vindo a salvaguardar necessidades dos cidadãos através da qualificação de espaços públicos, engrandecendo esta UF”, concluiu Ricardo Rio.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação