Destaque Vila Verde

Maus-tratos na infância. Laço humano com estudantes recriado em Vila Verde

Laço humano em Vila Verde (c) CPCJ Vila Verde
Fernando André Silva

Sob o mote de “sensibilizar em abril, prevenir e proteger o ano inteiro”, cerca de 300 alunos da Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV) recriaram esta sexta-feira um laço azul humano, sob orientação da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Vila Verde.

Foi assim o final da campanha do Mês dos Maus Tratos na Infância que envolveu uma série de iniciativas de várias entidades no concelho de Vila Verde.

O convite para a formação do laço humano partiu da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, com iniciativas realizadas à mesma hora (12h), para além de Vila Verde, em mais de cinco dezenas de localidades de Portugal e Ilhas.

“A EPATV abraçou a iniciativa, e 300 jovens desta escola ‘vestiram a camisola’, que metaforicamente não foi mais que uma campanha de sensibilização para a prevenção dos maus-tratos na infância, para consciencializar a comunidade para esta problemática”, refere nota da CPCJ de Vila Verde.

Nos últimos dados disponibilizados pela CPCJ que remontam ao ano de 2016, foram assinalados 120 casos de maus-tratos infantis no concelho de Vila Verde, metade deles em contexto de violência doméstica.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista