Destaque Vila Verde

Rui Silva reage: “Este PS é o partido das mil caras, um PS por vezes pífio”

Rui Silva c) FAS / Semanário V
Fernando André Silva

“Uma comédia burlesca digna de Pirandello ou Moliére”. É desta forma que o deputado do PSD, Rui Silva, classifica a reação do PS/Vila Verde, que acusou o social-democrata de “falta de autoridade moral” e de ter ocupado “tachos e tachinhos” antes de ser eleito parlamentar.

A acusação veio depois de uma intervenção do deputado na comissão de Economia da Assembleia da República (AR), onde acusava Martinho Gonçalves (PS) de querer usar “cunha” para acelerar o processo de obras na EN101. Os socialistas lançaram esta tarde uma nota de imprensa intitulada “o deputado mudo… falou”, onde apontavam inércia a Rui Silva sobre essa matéria.

Já Rui Silva, em declarações via telefone ao Semanário V, afirma serem “três” o número de vezes em que existiu “interpelação” na AR sobre a construção da rotunda no atual cruzamento da Loureira, dizendo que o PS “está desatento ao que se passa na AR.

O deputado do PSD vai mais longe e afirma que este PS/Vila Verde é “delirante”, “que usa muitas máscaras numa comédia burlesca digna de Pirandello ou de Moliére”, que denigre “os que muito trabalham pelo crescimento de Vila Verde” e que “a única preocupação é chegar ao poder para não estar atento ao que se passa na Assembleia da República”.

“Este é um PS esquizofrénico”, refere Rui Silva, não se mostrando surpreendido com a reação dos socialistas. “Até podia dizer que deixaram cair a máscara mas o PS/Vila Verde é de muitas máscaras, que utiliza a máscara da mentira, do insulto, do perfil falso, da utilização de instituições de cariz social para ameaçar funcionários e prometer empregos”, acusa o também presidente da comissão concelhia do PSD/Vila Verde, partido esse que, diz, “promove o desenvolvimento do concelho há mais de 30 anos”.

“Já este PS é o partido das mil caras, um PS por vezes pífio que muitas vezes não é mais que uma sessão de comédia grega que pouco tem a dizer aos vila-verdenses. É um PS sistematicamente derrotado em que os vila-verdenses não confiam porque a única coisa que faz é dizer mal de Vila Verde”, finalizou.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista