Destaque Vila Verde

Vídeo. Rui Silva lamenta atraso de obra na EN 101 e questiona Ministro sobre “cunha” do PS

Rui Silva deputado à Assembleia da República e líder da concelhia do PSD de Vila Verde, interpelou esta quarta-feira o Ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, apontando dois “episódios caricatos” em relação à prometida e anunciada requalificação por parte das Infraestrturas de Portugal (IP) da EN 101.

Em audição do Ministro perante a Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas, Rui Silva falou do adiamento da anunciada rotunda da Loureira, na EN 101, prometida para março, mas que ainda não teve início por falta de expropriação dos terrenos necessários para a obra, e ainda da intervenção de Martinho Gonçalves, líder parlamentar do PS na última AM de Vila Verde, que terá dito ser “amigo” do diretor da IP e que poderia interceder junto dele.

O deputado começou por se referir à EN 101 como um dos “pontos negros em termos de acidentes no distrito de Braga”, salientando a urgência de requalificação da mesma, e mencionou os dois ditos “episódios caricatos”.

“Venho falar de dois episódios caricatos. Num desses pontos [cruzamento da Loureira], o Governo lançou concurso, adjudicou mas não falou com os proprietários nem procedeu à expropriação dos terrenos. A obra há muito desejada e, pasme-se, também há muito adiada”, referiu Rui Silva.

“O segundo ponto, ainda mais caricato, durante a ultima AM, o presidente da Junta da Loureira apresentou uma moção para a concretização da rotunda da Loureira. E a resposta do líder do grupo parlamentar do PS de Vila Verde foi dizer que se dava bem com o diretor da IP e que podia meter uma cunha”.

“Há quantos anos andamos a pedir esta estrada e o líder do grupo socialista ainda vai meter uma cunha ao diretor da IP?”, questionou Rui Silva.

Ao Semanário V, o deputado afirma que o Ministro “desvalorizou” a situação. “Ele disse que a obra estaria para breve, mas desvalorizou a questão”, disse Rui Silva, apontando que “os vila-verdenses não se irão calar enquanto a segurança das populações não estiver assegurada”.

“Lamentamos que o PS esteja em constantes trapalhadas que levam a adiamentos da obra”, acrescentou.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista