Vila Verde

Vila Verde. Socialistas irritados com Rui Silva. “O deputado mudo… falou!”

Fernando André Silva

Os socialistas alegam “reinvindicação” em vez de “cunha”, sobre o comentário desta manhã por parte do deputado do Partido Social Democrata (PSD), Rui Silva, na comissão de economia da Assembleia da República (AR). Rui Silva é ainda acusado pelos socialistas de ser um “deputado mudo” que desta vez “falou”.

Esta é a resposta do Partido Socialista (PS) de Vila Verde à sugestão desta manhã do deputado, de que o líder do grupo parlamentar socialista da AM, Martinho Gonçalves, estaria a sugerir uma “cunha” na direção da Infraestruturas de Portugal para avançar com a rotunda da Loureira.

“O deputado Rui Silva, que há mais de dois anos que foi eleito e nunca falou na AR, resolveu abrir a boca para, como é seu hábito, mentir e desvirtuar factos”, refere a nota.  Segundo os socialistas, o deputado não tinha mais nada que dizer” e está a confundir reinvindicação com “cunha”.

“Confunde reivindicar junto do governo uma obra tão importante com uma ‘cunha’ junto do governo de Portugal”, dizem.

A alegada “cunha”, segundo a mesma nota, mais não é que “uma manifestação de disponibilidade do PS, pela voz do seu membro da AM, Martinho Gonçalves, para também o PS colaborar com a freguesia da Loureira, continuar a reivindicação junto do governo e, em especial, junto das IP, no sentido de acelerar o início da realização da obra já prometida para o princípio do mês de abril”.

Os socialistas aproveitam para acusar os sociais-democratas dizendo que “cunha” é “prática que o PSD sabe melhor fazer (…) para conseguir obter resultados para os seus amigos e militantes”.

Dizem ainda que “reivindicação pública junto do poder instituído das obras indispensáveis para uma comunidade” é o melhor que pode haver, ao invés de “um mero negócio de influências, onde o mais forte ou o mais amigo dos governantes pode combinar investimentos ou negócios para servir alguns em detrimento de muitos”.

“É muito estranha e pobre esta visão do exercício da política deste deputado e presidente da concelhia do PSD, ainda mais porque ao contrário de si mesmo, Martinho Gonçalves foi o deputado de Vila Verde que mais trabalhou e conseguiu investimentos governativos no nosso concelho”referem os socialistas, relembrando ainda o caso EPATV que concede ao deputado “estatuto de arguido”.

“Por falta de autoridade moral, nesta matéria de “cunhas” e de “tachos” e “tachinhos” como o que ocupou antes de ser deputado, devia remeter-se a um profundo silêncio”, acusam.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista