Destaque Vila Verde

Soutelo. Populares revoltados com vandalismo no Santuário do Alívio

(c) FAS / Semanário V
Fernando André Silva

O parque das merendas do Santuário do Alívio, em Soutelo, Vila Verde, está a ser alvo de polémica por mostrar algum descuido na apresentação, com zonas onde a erva não é cortada e com pichagens feitas há várias semanas que não foram apagadas.

O assunto foi levantado por um popular que reclamava com a “densa vegetação” junto a alguns bancos na parte mais a norte e do outro lado da EN 101, área que é responsabilidade da Confraria do Alívio, e também de um banco pintado, alegadamente por adeptos benfiquistas, que ainda se mantém.

“Costumámos vir para aqui jogar cartas e lanchar ao final da tarde, para este banco, e há umas semanas chegamos aqui e isto estava tudo pintado”, reclama um elemento do grupo que habitualmente utiliza o parque de merendas de forma diária.

“Foi antes do jogo com o Tondela que pintaram isso. Não vi quem foi, também como o Benfica perdeu não devem ter saído mais de casa”, diz o mesmo popular, que não quis ser identificado.

Fonte da Confraria do Alívio apontou ao Semanário V que “desconhecia” a situação da pichagem do banco de merendas e garantiu que vão ser tomadas providências para a requalificação do mesmo.

 

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista