Desporto Vila Verde

Futebol. Vilaverdense FC fica sem jogadores

VFC x Mafra (c) Luís Ribeiro
Nuno Barbosa
Escrito por Nuno Barbosa

Eduardo Milhão apresentou esta quinta-feira a demissão como presidente do Vilaverdense FC e anunciou também a desvinculação de todo o plantel sénior que era assegurado com patrocínios da empresa Prozis, administrada por um filho de Eduardo Milhão e que era o principal patrocinador do clube.

A saída dos jogadores foi questão levantada durante uma reunião que decorreu esta quinta-feira onde o dirigente anunciou a demissão. Segundo Milhão, todo o plantel sénior passa a estar no mercado e desvinculado do clube, o que poderá levar a que o Vilaverdense tenha de construir um plantel de raiz para a próxima temporada.

Já quanto ao treinador, António Barbosa, não há ainda conhecimento se ficará no clube, mas o Semanário V sabe que há clubes das ligas profissionais a cobiçar o trabalho do jovem técnico natural de Amares.

Quanto ao VFC, ainda não há qualquer decisão sobre quem assumirá os destinos do clube, devendo haver nova reunião entre os diretores na próxima segunda-feira. Caso não haja consenso, a solução passa por eleições antecipadas.

Comentários

Acerca do autor

Nuno Barbosa

Nuno Barbosa

Jornalista