Desporto Vila Verde

Última hora. Presidente do Vilaverdense FC apresenta demissão

Eduardo Milhão (c) FAS / Semanário V
Nuno Barbosa
Escrito por Nuno Barbosa

Eduardo Milhão vai deixar de ser presidente do Vilaverdense Futebol Clube (FC). O empresário natural de Oriz anunciou esta quinta-feira a demissão aos diretores do clube numa reunião informal que decorreu nas instalações do clube, em Vila Verde. Sem especificar os motivos, o dirigente invocou “questões pessoais” para a decisão e garantiu que a mesma é irreversível.

Fica no entanto assegurado “um generoso patrocínio” da Prozis, SA, empresa de Miguel Milhão, filho do presidente demissionário que patrocinou o clube nas duas últimas temporadas. A par da garantia de apoio financeiro, Eduardo Milhão pediu ainda um compromisso de honra por parte dos diretores que ficam para que 15.000 euros sejam investidos numa carrinha para os escalões de formação do clube.

Durante a mesma reunião foi ainda tentado um consenso sobre quem poderia assumir os destinos do clube até às próximas eleições, mas não se chegou a qualquer resultado. Caso não se encontre alguém na direção que assuma o lugar, há a necessidade de serem convocadadas novas eleições.

 

Comentários

Acerca do autor

Nuno Barbosa

Nuno Barbosa

Jornalista