Vila Verde

Vila Verde. Duzentas e cinquenta pessoas no concerto solidário da Bullire

Redação
Escrito por Redação

Duzentas e cinquenta pessoas marcaram presença no Concerto Solidário organizado pela Bullire a favor dos Bombeiros de Vila Verde. O espetáculo, protagonizado pelo grupo Primo Convexo, decorreu na noite do sábado passado, dia 19 de maio, e encerrou as comemorações do 105.º Aniversário dos Bombeiros Voluntários de Vila Verde. A receita arrecadada no serão cultural reverte integralmente para os soldados da paz.

O tema “Qualquer dia”, de Zeca Afonso, deu o mote para uma viagem repleta de arte e musicalidade que levou a plateia a visitar canções e autores diversos. De Leonard Cohen a David Gilmour, passando por Fausto, Luís Pastor e João Loio, entre muitos outros, os Primo Convexo tocaram emoções e cantaram sentimentos. “À procura da música. As músicas são populares: vêm da terra, do mar, do céu, do sonho… As músicas embalam, emocionam, encantam, enamoram, revoltam, acordam, ou simplesmente nos fazem felizes”, avançavam os ‘primos’ antes do concerto.

A Bullire não escondeu a satisfação pela forte afluência popular, uma vez que, além do ‘desfile’ de arte e cultura que acalorou o serão, a iniciativa permitiu angariar fundos para apoiar o meritório trabalho desenvolvido pelos Bombeiros Voluntários de Vila Verde, que, com coragem e valentia, enfrenta as chamas para protegerem as populações. Por sua vez, a Associação Humanitária também realizou algumas homenagens e agradecimentos. Desde logo à Bullire, pela organização do concerto solidário, mas também à dona Rosa e ao senhor Agostinho Oliveira, pelo apoio e dedicação durante as festividades pascais, que este ano estiveram a cargo dos bombeiros de Vila Verde.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação