Braga

Incêndios. Helicóptero deve chegar a Braga a partir de 1 de junho

DR
Fernando André Silva

Foi hoje aprovado pelo Tribunal de Contas o visto correspondente ao contrato de locação de doze aviões de combate a incêndios, anunciou o Ministério da Administração Interna em comunicado enviado às redações.

Para além do anúncio da contratação das aeronaves, aquele ministério anunciou que a partir de 1 de junho passam a estar mais doze helicópteros ligeiros disponíveis em todo o país, entre os quais estará o heli prometido para o aeródromo de Palmeira que será crucial no combate a incêndios nesta região.

Ao que o Semanário V apurou junto de fonte da Proteção Civil distrital, o helicóptero estaria deslocado para outra região do país o que causou alguma confusão depois de um deputado do CDS-PP de Braga ter perguntado publicamente ao CODIS de Braga pelo helicóptero.

Já as doze aeronaves contratadas hoje não são, no entanto, para a região Norte. Ficarão sediados no interior centro do país. Para além das mesmas, o Governo aponta ainda mais três aeronaves ligeiras pertencentes ao Estado sediadas em Loulé, Viseu e Vila Real, dez helicópteros em várias regiões do país, entre os quais Fafe e Arcos de Valdevez, que são os que têm assegurado intervenção na zona de Braga nas últimas semanas.

Destaca-se que destes meios aéreos, 17 estarão operacionais até ao final de 2018 e durante todo o ano de 2019, o que nunca aconteceu em anos anteriores.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista