Amares Região Vila Verde

Ambiente. Águas do Norte vai reavaliar ligação de saneamento no Vale do Homem

Águas do Norte e autarcas do Vale do Homem procuram descargas (c) FAS / Semanário V
Redação
Escrito por Redação

Os três presidentes dos municípios de Amares, Terras de Bouro e Vila Verde reuniram esta semana com uma delegação da Águas do Norte, onde vincaram a “intransigência na oposição à construção de uma nova estação de tratamento de águas residuais (ETAR), na margem rio Homem na freguesia de Souto, concelho de Terras de Bouro”.

Face aos argumentos expostos, a delegação da Águas do Norte – representada pelo administrador Manuel António Moras e quatro diretores técnicos – reconheceu as motivações da preocupação e da contestação dos autarcas do Vale do Homem e comprometeu-se em avaliar a possibilidade de assegurar financiamento para uma alternativa à ETAR.

Conforme defendem os presidentes dos municípios de Amares, Terras de Bouro e Vila Verde, respetivamente Manuel Moreira, Manuel Tibo e António Vilela, o saneamento deste território deve ser assegurado como previsto inicialmente, através da ligação ao sistema intermunicipal de Tratamento de Águas Residuais do Cávado-Homem, com estação comum localizada em Cabanelas, concelho de Vila Verde.

A posição dos municípios é apoiada e subscrita pelas juntas de freguesia de Balança, Chorense, Ribeira, Souto e Moimenta, que se fizeram também representar na reunião com a delegação da Águas do Norte.

Por forma a assegurar uma alternativa que vá ao encontro da posição dos autarcas do Vale do Homem, a Águas do Norte pretende garantir que as verbas comprometidas no Programa Operacional POSEUR – Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos para o projeto de ETAR em Souto possam ser canalizadas para a construção da ligação ao interceptor de Caldelas, com ligação à rede intermunicipal.

A proposta vem satisfazer as pretensões dos autarcas deste território do Vale do Homem. Na reunião com a Águas do Norte, o presidente da Câmara de Terras de Bouro, Manuel Tibo, teve ainda oportunidade para abordar a situação do saneamento do Vale do Cávado, nomeadamente no que toca à urgência na ligação em alta que servirá as freguesias de Vilar da Veiga, Rio Caldo e Valdozende.

Os municípios de Amares, Terras de Bouro e Vila Verde reafirmam a defesa do plano inicial e em execução de tratamento de águas residuais, que prevê a ligação do saneamento em alta de todo o território à ETAR do Cávado-Homem, inaugurada em Cabanelas em junho de 2014.

O investimento rondou os oito milhões de euros e foi destinado a servir uma população de cerca de 50 mil habitantes dos três concelhos, à qual corresponde um caudal médio de cerca de 7.617 m3/dia.

Com a construção da ETAR do Cávado-Homem, os municípios de Amares, de Terras de Bouro e de Vila Verde pretendem que os efluentes provenientes dos três concelhos sejam diretamente direcionados para a ETAR sita em Cabanelas.

A concretização deste investimento sempre foi sustentada na necessidade de eliminar pequenas ETAR’s que, implantadas ao longo deste território, se revelaram como potenciais focos de poluição, nomeadamente do rio Homem.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação