Braga

ANPC. Helicóptero de combate a incêndios já chegou a Braga

Fernando André Silva

O Helicóptero “Hotel 9”, da Proteção Civil portuguesa, já está no aeródromo de Palmeira, em Braga, à disposição da equipa de militares do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS) da GNR, para o combate a incêndios florestais.

O meio aéreo vai estar estacionado até final de setembro no aeródromo com a função de intervir nos incêndios florestais de grande dimensão na região de Braga, complementando os outros dois “helis” disponíveis em Fafe e Arcos de Valdevez.

A data da chegada do meio tinha sido anunciada para 15 de maio, algo que acabou por não acontecer, gerando até alguma polémica lançada pelo líder da Juventude Popular (JP) de Braga, Francisco Mota, que pediu mesmo a demissão do Comandante Distrital de Braga da ANPC, Hermenegildo Abreu.

Ao que o Semanário V apurou, o meio chegou no passado dia 2 de junho e já se encontra disponível para as equipas de militares do GIPS que estão de prevenção em alojamentos temporários junto ao aeródromo de Palmeira, revezando-se em três equipas com oito elementos até final do período crítico de incêndios, que deverá extender-se até outubro.

Há oito dias em Braga, o helicóptero tem tido pouca utilização, fruto da chuva que se tem abatido sobre a região na última semana, e só deverá voltar a sair de Palmeira a partir da próxima terça-feira, com a subida das temperaturas e o aumento do risco de incêndio florestal.

Depois da tragédia dos fogos florestais durante o verão e outono de 2017, que se abateu em vários pontos do país, o Governo reforçou o número de meios disponíveis ao serviço da Proteção Civil, dotando ainda as corporações com mais equipas de bombeiros e equipas de combate a incêndios florestais.

Algumas das competências que eram até então das corporações de voluntários durante os incêndios passaram agora para as mãos dos militares ao serviço da ANPC e do Estado, que quer garantir que a tragédia não se volte a repetir.

*Notícia atualizada às 17h46 com o número de militares que compõe cada equipa

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista