Braga Destaque

Braga. Trabalhadores da H&M manifestaram-se em frente à loja na Avenida da Liberdade

(c) FAS / Semanário V
Fernando André Silva

Em busca de uma solução que não prejudique os colegas, um grupo de 19 trabalhadores da loja H&M de Braga, que fecha já esta segunda-feira, manifestou-se com recurso a máscaras, roupa preta e várias tarjas, em frente à loja situada na Av. da Liberdade, no centro de Braga.

O Semanário V esteve no local e ouviu os “gritos” de alguns dos trabalhadores que se queixam de terem sido deslocados para locais onde são necessárias quatro horas só para deslocações.

Segundo o sindicato CESP, presente no local, são sete os trabalhadores que vão ser deslocados para o distrito do Porto, alguns dos quais para o Arrábida Shopping, o mesmo que leva a que os trabalhadores percam duas horas de viagem para cada lado, em transporte público.

A manifestação foi acompanhada por uma equipa de intervenção da PSP de Braga que assegurou a ordem pública.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista