Desporto Destaque Vila Verde

Loureira. “Obstáculo” logístico cancela Rural Race 2018

Fernando André Silva

A corrida de obstáculos Loureira Rural Race, que se tem realizado no concelho de Vila Verde, não vai conhecer edição em 2018. O anúncio foi feito por Daniel Sousa, presidente da EJAH Loureira, ao Semanário V, à margem da festa do Dia da Criança celebrado naquela freguesia.

Pouco apoio no que toca à logística impera para que a decisão tivesse sido tomada em reunião da associação, que está a pensar, no entanto, realizar nova prova em 2019 e torná-la bienal.

Daniel Sousa diz que são necessárias 70 pessoas na organização e conseguir isso “é cada vez mais complicado”. “Preferimos não fazer este ano, depois de reuniões, e se calhar no próximo ano, vamos fazer uma coisa a sério”, refere, apontando dificuldade em conseguir gente para construir os obstáculos e todos os outros trabalhos necessários para a realização do evento que tem juntado milhares de pessoas na Loureira.

“Não temos vergonha de dizer que não temos capacidade de organizar este ano. Tem sido um sucesso e não queremos arriscar por causa de eventuais falhas que possam surgir por não termos gente suficiente”, aponta Daniel, referindo ainda que “talvez se consiga fazer de dois em dois anos com a mesma qualidade”.

A falta de recursos humanos em 2018, fruto de alguns casamentos e emigrações, já foi notada na festa do Dia da Criança, que contou com menos atividades, e a não realização dos jogos tradicionais.

“Hoje em dia não é fácil encontrar pessoas para ajudar a organizar estes eventos. Neste momento estamos entre 10/15 a organizar, mas não conseguimos pôr a festa maior porque não temos gente na organização para isso”, lamenta ainda Daniel, explicando a força motora da associação sem fins lucrativos.

“Somos mais de 80 associados, mas só cerca de metade é que são ativos. Os nossos sócios não são só da freguesia, temos do concelho, de fora do concelho e até da Suiça, que pagam cotas. Esse dinheiro dá para organizar estes eventos, em conjunto com patrocinadores, Junta de Freguesia e Câmara de Vila Verde.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista