Braga

Braga. Nem o forte calor dissuadiu mais descargas poluentes no rio Este

Fernando André Silva

Continuam as descargas poluentes no rio Este, desta vez junto à ponte de Pedrinha, na freguesia de Lomar, em Braga.

O liquido poluente, de cor esbranquiçada, parece similar ao descarregado há oito dias que foi procedido pela morte de um elevado número de peixes ao longo daquele rio.

Ao Semanário V, testemunhas referem que a descarga iniciou-se por volta das 15h30 e deve ter origem “em um dos tubos do lado direito no sentido da corrente pois a poluição estava nesse lado do rio”. Não foi possível, no entanto, apurar a origem da descarga.

Esta situação está a preocupar associações ambientalistas como é o caso da Katavus, com sede em Braga, que tem já preparada uma ação de limpeza deste mesmo rio, para este mês de junho.

Também Carla Cruz, deputada do PCP eleita pelo círculo de Braga, questionou através de carta escrita ao Governo se estão a ser tomadas algumas medidas de fiscalização para evitar estas descargas e consequente morte de peixes naquele rio.

A Câmara de Braga ainda não se pronunciou sobre os acontecimentos da passada semana.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista