Destaque Vila Verde

GNR. Ministro inaugura quartel e escolhe Vila Verde para falar sobre incêndios

Inauguração posto GNR Vila Verde (c) Luís Ribeiro / Semanário V
Redação
Escrito por Redação

O ministro da Administração Interna inaugurou esta manhã o recentemente construído quartel da GNR de Vila Verde.

Embora já esteja em funcionamento desde o final do verão de 2017, o novo quartel, alvo de um investimento que rondou o milhão de euros, viu hoje a placa descerrada por Eduardo Cabrito, em conjunto com o presidente da Câmara de Vila Verde, António Vilela.

Para além da promessa da renovação do parque de viaturas em todo o país, que incluirá Vila Verde, o ministro aproveitou a presença dos média para falar das tragédias dos incêndios de 2017 e no “despertar de consciências” que o país viveu desde então.

Portugal está mais consciente, fruto também da terrível tragédia do ano passado. Este é hoje um tema prioritário para a sociedade portuguesa, estamos melhor preparados para este combate”, disse o ministro aos jornalistas, à margem da inauguração.

“Temos os meios necessários para estar melhor preparados. Temo um dispositivo de 10.700 elementos para o período de maior resposta, desde bombeiros, forças especiais, GNR, Forças Armadas, um dispositivo com cerca de 1.000 homens a mais do que em anos anteriores, constituímos ainda cerca de 80 novas equipas de prevenção permanentes em bombeiros de norte a sul do país”, vincou o governante.

Eduardo Cabrita destacou ainda o “empenho dos cidadãos, das autarquias” na preparação da época de fogo, nomeadamente em torno do programa Aldeias Seguras.

“Temos já mais de 1.000 aldeias envolvidas no projecto com uma grande intervenção das juntas de Freguesia, em que determinam os seus caminhos de evacuação, escolhem os oficias de segurança local, há cooperação com as forças de segurança e estruturas da proteção civil”, garantiu.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação