Destaque Região Vila Verde

José Manuel Fernandes reeleito como presidente da comissão distrital no PSD/Braga

José Manuel Fernandes
Agência Lusa
Escrito por Agência Lusa

O eurodeputado José Manuel Fernandes foi reeleito presidente da Comissão Política Distrital do PSD/Braga com 98,4% dos votos, apontando o “reforço da união do partido” e a “vitória em todas as eleições” como prioridades.

“O grande desafio que se nos coloca agora é ganhar as eleições autárquicas, ganhamos nove das 14 câmaras do distrito das últimas eleições mas ambicionamos mais, queremos ganhar as europeias a nível distrital e contribuir para que nas legislativas Rui Rio [presidente do PSD] chegue a primeiro-ministro de Portugal”, reafirmou à Lusa José Manuel Fernandes.

Segundo fonte do PSD/Braga, votaram nestas eleições, que decorreram entre as 18.00 e as 22.00 de sábado, 1.853 militantes (26,5% dos militantes aptos a votar), havendo sete votos nulos e 22 brancos.

Para o eurodeputado, que concorreu sob o lema “Manter a União, Reforçar o PSD”, só com o partido unido “é possível atingir as vitórias que o PSD deseja e que o país precisa”.

José Manuel Fernandes desvalorizou ainda “alegadas divisões internas” no PSD referindo que “opiniões diferentes são sinal que há ideias, que há discussão e pluralidade”.

“O debate de ideias é algo positivo, construtivo e não é verdade que não haja no PSD um sentimento de união em torno do mesmo objetivo, ganhar as eleições que se aproximas e fazer de Rui Rio primeiro-ministro. É uma emergência nacional que isso aconteça”, salientou.

Questionado sobre se se mantém disponível para integrar a lista do PSD ao Parlamento Europeu nas eleições de 2019, o eurodeputado lembrou que a decisão cabe à Comissão Nacional e não às estruturas distritais.

“Eu gosto do que estou a fazer, acho, sinceramente, que o trabalho que faço é bem acolhido, tenho em mãos alguns dos dossiês mais importantes no Parlamento Europeu e, da minha parte, admito que gostaria de continuar este trabalho. Mas esta é uma decisão que não cabe só a mim tomar”, reforçou.

Comentários

Acerca do autor

Agência Lusa

Agência Lusa