Destaque Vila Verde

Vila Verde. Proprietário de terreno planta milho na ciclovia em protesto

Troço da ciclovia partilhada em direção à Ponte Nova da Loureira (c) FAS / Semanário V
Fernando André Silva

O proprietário de um pequeno terreno junto à Casa de Alvelos, na Av. Dr. Francisco de Sá Carneiro, em Vila Verde, está insatisfeito com as condições apresentadas pela Câmara de Vila Verde para passagem da ciclovia à face do terreno.

A Câmara pretende recuar o terreno, à semelhança do que já havia sido feito há uns anos com a moradia vizinha, e construir um muro de tijolo, mas o proprietário não quer ceder o espaço e, ao ceder, quer um muro de betão.

O Semanário V falou com José Faria, presidente da Junta de Vila Verde e Barbudo, que confirmou a situação mas adiantou que a Câmara encontra-se em negociações com o proprietário. “O espaço está a ser negociado e dentro em breve vai ficar resolvido”, garantiu o autarca.

Entretanto, o proprietário, em sinal de protesto, plantou milho na berma, ainda dentro do próprio terreno, mas o suficiente para “boicotar” a passagem da ciclovia partilhada que já está construída em toda a extensão daquela rua, menos naqueles dez metros de terreno, obrigando os utentes a seguir pela estrada.

Recorde-se que o troço que vem da Ponte Nova da Loureira e se estende por toda a rua até perto do centro escolar será uma ciclovia partilhada, com passeio e uma parte da estrada a receber as delimitações para ciclistas, daí ser construída com recurso a paralelos, e não do mesmo piso que está a ser instalado no restante percurso que atravessa o centro da vila.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista